Páginas

sábado, 12 de maio de 2012

Costurando pedras, arrematando cacos...

Você já deve ter escutado a expressão "batendo a cabeça na pedra" ou "dando murro em ponta de faca"...eu criei uma nova "costurando pedras" , ou seja, fazendo coisas quase impossíveis enquanto se está parado. Já se pegou pensando onde você está exatamente? Parece que a vida todo dia te coloca a prova, mas  chega um ponto, esse que estou propriamente que você está parado, não pode ir, não pode voltar, não pode dobrar para nenhum lado. Precisa esperar! Palavra difícil essa, esperar! Por quem? Pelo quê? Para quê? Então você costura pedras, arremata cacos e só vai se machucando ou permite que os que estão a sua volta te machuquem, por burrice ou medo talvez. Você vai a lugares que já não fazem mais sentido, mas sabe que precisa ir e encontrar pessoas que não gostaria de encontrar, de ouvir quem não gostaria de ouvir, de ver quem não queria ver...A vida é isso! Um emaranhado de nós que criamos, quanto mais achamos que estamos nos desvencilhando, mais nos enrolamos. O profissional oscila, e você fica entre a sua ética, os seus valores, o seu comprometimento e ao mesmo tempo tem vontade de jogar tudo para o ar e fazer o que todo mundo faz, se corromper talvez! Mas será que valeria a pena?  Nos relacionamentos, você passa o maior tempo da sua vida querendo alguém, quando finalmente acha, faz de tudo para afastar, achando que não é merecedor. No plano familiar, você se afasta, porque na sua vã hipocrisia, acredita que afastando-se seja o melhor remédio, afinal, não tem "que se envolver", é sua família, mas o problema não é seu, é deles!
E o tempo passa, você vai envelhecendo e continua a "costurar pedras", ou seja, cometendo o mesmo erro! A quem você pretende agradar? A quem você quer impressionar? Os outros? Até quando você vai se iludir importando-se demasiado com a opinião alheia? Se é simpático acham que quer chamar atenção, se é sério demais, é mau humorado. Difícil arte, de agradar! Já passou pela sua cabeça ser simplesmente você? Agradar em primeiro lugar você? Ah, você nunca pensa em você não é? Desculpe...esqueci! Comece então a colocar gaze nos seus dedos ou atadura gessada, porque do jeito que as coisas vão, você vai ficar muito tempo costurando pedras e arrematando cacos, não vai sair do lugar, vai continuar PARADO e energia que não circula, não troca, não rende, não cria! Acaba assim, então?
Tudo aquilo que você acredita ou lutou, se é que lutou por algo seu, vai entregar a qualquer um? De graça! Olha a placa! Não dá para ir a lugar algum, mas lá na frente, bem lá na frente, o caminho está aberto, mas você precisa se MOVIMENTAR, sair do marasmo, dar o primeiro passo. O que você quer, de verdade? O que faz sua alma brilhar? Lembre-se que sucesso é consequência de trabalho bem feito, mas o trabalho para ser bem feito precisa ter paixão. Então, onde está a sua exatamente?

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.