Páginas

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

INFINITO CAOS DA MINHA VIDA


Em meio ao caos e a desordem do mundo, em meio as lutas diárias seja para pagar uma conta ou simplesmente ter tempo para tomar um banho, vive-se! Derradeiramente e burlescamente! Vive-se da pior forma possível! Nossos ancestrais envergonham-se do cotidiano que criamos e pobre de nós, seres humanos, achamos que somos seres muito melhores, na escala evolutiva.

Passamos o tempo em função do relógio, brigamos por causas perdidas, amamos por tão pouco e sofremos tanto que não sabemos onde isso tudo começou. Fingimos que temos o controle das situações quando não sabemos o que fazer, como fazer e onde fazer... Tolos!

Dormimos mal, quando dormimos! Pouco nos irrita e perdemos a crença em quase tudo. Nossos sonhos, outrora brilhantes, apagaram-se por completo e nem lembramos quando foi que isso aconteceu. Imitamos formas, recriamos carmas, emitimos ruídos, exalamos aparência. Elitizamos a carne e destroçamos a essência. Verdades...ah quanto tempo, não falamos algumas ou recebemos...e quando elas aparecem tornam-se chagas! Dóem!

Ainda acredito no ser humano, como ser incompleto, pequeno, dilacerado pela tecnologia que rasga seu tempo, joga fora eu diria.! Acredito no ser impuro,incoerente, aquele que enfia os pés pelas mãos, os politicamente incorretos, os imaturos, os adolescentes (adoro a rebeldia), os sem teses, os sem mestres, os que não sabem o que são, os que sabem o que buscam mas vivem calmamente...

A vida! Sempre me pergunto porque me deixaram aqui neste planetinha confuso, doido,onde tudo gira ao contrário, o que faz sucesso me incomoda, os poderosos roubam, os astros envolvidos em escândalos são capas enquanto os talentosos ralam diariamente. É moda ser caridoso, é moda trair, é moda ser homosexual (não sou preconceituosa não!!!), tudo é moda, mas ninguém sabe defini-la...

Mas será que me deixaram ou escolhi, eu mesma, aportar aqui...enquanto não acho respostas, enquanto meus sonhos me revelam tanto mas me confundem...faço arte, porque ela não se acaba, ela fica suspensa, seja num quadro na parede, seja ao som de uma boa música... na epiderme!!!Meu leme ainda segue este rumo...talvez por pouco tempo, ou muito...mas ainda quero muito, quero realizar algumas coisas que me faltam realizar.

Tenho tentado ser mais complacente e diplomática em alguns aspectos...falho sempre! Mas tento! Tento fechar a boca quando ela disseca situações e não se cala... E que boca!Não me peçam conselhos, falo sempre o que as pessoas odeiam ouvir. Não se aproximem-se só quando precisam, eu sempre sei disso, e cansei de ser boazinha...Virada de jogo! Virada de mesa! Cheque mate!

Não falem de mim se não conviverem comigo mais de 5 horas por dia, nem meus amigos mais chegados me conhecem verdadeiramente. Me deixem quando quero ficar só, me escutem quando escrevo um texto novo,riam quando eu falar bobagem. Aproveitem-me mais , como um corpo pronto para autópsia. Tirem de mim o que puderem, mas relacionado somente a conhecimento. Me deletem se não for para isso. Se me amarem que seja por COMPLETO!! Não tolero meio termo, nõa tolero a indecisão, não tolero a indiferença, não tolero a falta de atitude!

Egoísmo...não! Cansei do fútil,do pobre de espírito,do fofoqueiro, do aproveitador,dos sinicos,dos falsos,dos invejosos quero distância absoluta, cansei dos fracos,dos reprimidos, dos tímidos, dos sem noção, cansei de mim, da vidinha, da falta de vidinha, da vidinha calma. MOVIMENTO!!

Já não participo dos movimentos que não acredito, não me venham falar em todo, o "todo" não existe, existe eu, você, nós dois, três, quatro,mas sempre divergindo em opinião. Como bons e maus seres humanos que somos!Saudade da távola redonda, saudade dos cavalheiros de verdade, saudade das guerras por causas justas e nobres, saudades das sábias bruxas, saudades dos séculos passados, das vidas passadas!

E seguimos! Como diria Jacinto Benavante "Pensar em fazer grandes coisas é pretexto para não fazer as pequenas."

Muito bem, agora irei dormir! Sonhar!BOA NOITE SERES EM EVOLUÇÃO!!!




quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

OFICINA DO METRO COM GRUPO ARTIGOS


Estamos na reta de remontagem de um dos nossos melhores espetáculos infantis "Criança não faz de Conta" inspirado do livro de poemas infantis de Kalunga, uma grande escritor e parceiro do grupo, que novamente liberou o texto. Do elenco original tem apenas a Carla Ferreira que permanecerá nesta remontagem. Os outros dois atores serão Julio Zaicoski e Maria Cristina da Silva. Quero colocar outros poemas que não foram usados na primeira montagem e se não for sonhar demais, estreiar em março de 2009.

Sonhar não custa nada, e o meu sonho é tão real!!!

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

O CASAMENTO SUSPEITOSO

A primeira leitura do nosso ciclo de leituras dramatizadas no Boccatta será dia 05/03/09 às 21h e o primeiro texto a ser dramatizado será do grande autor brasileiro Ariano Suassuna, o cômico "O casamento suspeitoso" com direção de Julio Zaicoski e no elenco todo o grupo artigos: Carla Reis, Carla Ferreira, Gustavo Freitas, Julio Dias, Leticia Dias, Lisiane Berti, Maria Cristina da Silva, Mário Valério Donini e o próprio diretor Julio Zaicoski.
Os ingressos serão vendidos pelos integrantes do grupo no valor de
R$ 5,00.
Este é um dos projetos em comemoração aos 15 anos do Grupo Artigos.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.