Páginas

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Meu carinho ao "povo" da Escola das Artes


A arte nos conduz a um processo de inspiração criativa, o ser humano mergulha em um sonho de prazer, imaginação e enriquecimento de sua existência. A arte tem vários significados, mas o que ser arte para uns, poderá não ser para outros.
Na Escola das Artes, respiramos sim, por três anos, arte. Seja na Escultura, no Teatro, na Dança, no Circo, no teatro de Bonecos, na Música.
Aqui começamos a controlar nossas emoções e transformá-las em criação.
Arte é sempre criação!
Nós, artistas, somos intensos!
Amamos mais que os outros.
Criamos mais!
Vivemos mais!
E, claro, sofremos mais!
Estamos sempre á flor da pele!
Nas últimas semanas, tiraram nosso ‘’chão’’ e não nos ensinaram ainda a andar no vazio.
Ouvimos que agora ‘’os caminhos estão abertos’’.
Mas se estão abertos, que direção devemos seguir?
Confusão. Medo. Desapego.
Tiramos força de onde nem sabíamos que tínhamos.
E que força!
Choramos! Um choro sofrido...
Recebemos abraços apertados de amigos que nem lembrávamos mais, mas também nos decepcionamos com comentários de outros tão íntimos.
Nos reunimos enquanto professores, falamos, pensamos, buscando soluções.
Mas artista não é burocrático, artista é bicho estranho!
Não gosta de ficar parado.
Não pode ficar parado!
Artista tem uma válvula interna instigante. Uma bomba relógio de idéias.
Artista nunca se dá por vencido, não tem medo do desconhecido, não tem medo de recomeçar.
Tiraram nosso chão sim, mas não nosso talento e nossa capacidade de criação, ou seria regeneração?
O momento é difícil? É! Tanto para professores, alunos, amigos da escola, mas é justamente nos momentos de maiores adversidades que crescemos.
Colegas professores, usem sua arte, acreditem em vocês e em tudo que batalharam para chegar até aqui. E tem tanto ainda para vir...
Alunos, não deixem o poder de criação estancar em vocês!
Arte é contagiosa e não existe prescrição médica. Abusem dela!
Pais, continuem apoiando seus filhos como faziam, agora eles precisam disso mais do que nunca. E não lamentem!
Não somos vítimas! Somos seres plenos, capazes de seguir mesmo quando tudo nos põe na estaca zero.
Que a arte nos dê o Norte!
Quando a escolhemos como filosofia de vida, sabíamos que não ia ser cômodo.
Que ela, a arte, nos impulsione pelos palcos da vida, que nos coloque à frente de outros desafios, que nos faça cada vez mais GENTE!
Fecharam a nossa escola, mas ela estará sempre viva aqui, em nossos corações! MERDAAAAAAAAAAAA!!!



VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.