Páginas

terça-feira, 14 de junho de 2011

Gostar...assuma este verbo!!

Começo escrevendo hoje usando algumas frases de Arnaldo Jabor de Crônica do Amor, quando ele diz: "Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca. Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera."
Interessante, porque acontece justamente quando você não está preparado, por sinal, quando você está desarrumado, com aquela pessoa que você nunca olhou com segundas intenções ou que apareceu do nada...
Gostar é verbo! Como verbo requer ação...não dá para gostar sozinho, não dá pra gostar pelos dois, cada um tem sua função. Gostar sem querer nada em troca, gostar por gostar, gostar para sentir em sua plenitude a confusão que ocorre, o salto no coração, a "queimação" na barriga, e isso amigos, não tem idade. Você pode ter 16, 25 o 47...pode ser avassalador ou passageiro, mas ninguém está livre disso, graças a deus!
Mas gostar primeiro depende de você, sim, pasme! Você precise estar aberto ao verbo, estar pronto para conjugá-lo, senão ele passa como um mero substantivo. Para gostar você precisa reconhecer seus adjetivos e encher-se sim, de predicados para então assumir o verbo!
E então vem as melhores conjugações, do "eu" indissoluto passa-se a falar em "nós"... usa-se tudo na quarta pessoa do plural... Engraçado, porque estamos acostumados e fomos quase mimeticamente treinados para sufocar o "eu". Deliciosamente, quebrando padrões, vem um outro "eu" sufocado, interessantemente revoltado, juntos vocês passam a se reconhecer um no outro, com pronomes diferentes!
E aí começam a verbalizar sensações, sentimentos, confusões, sorrisos, olhares, risadas soltas no ar...o tempo passa voando quando estão juntos...não se perde mais tempo, ganha-se tempo junto!
GOSTAR...ASSUMA ESTE VERBO!!!


VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.